"Dois Homens Completamente Nus" no Teatro Villaret


Quando temos Miguel Guilherme, Jorge Mourato e Sandra Faleiro e um texto do dramaturgo, humorista e (também ele) ator francês Sébastien Thiéry, só podemos esperar um resultado hilariante. É o que promete a peça "Dois Homens Completamente Nus" ("Deux Hommes Tout Nus", no original), que subirá ao palco do Teatro Villaret, a partir de 23 de março. Depois do sucesso em França, que valeu ao autor a nomeação para Melhor Dramaturgo nos prémios Moliére em 2015, estes "Dois Homens Completamente Nus" prometem agora deixar Portugal a chorar... de tanto rir. Ora leiam a sinopse e, depois, digam lá se não temos razão?!

Susana Figueira

Sinopse:
"André Chaves (Miguel Guilherme) é um homem sério, de conduta irrepreensível e reputação imaculada: advogado conceituado, marido fiel, pai de dois filhos. Daí a sua total incredulidade quando, certo dia, acorda nu na sua sala de estar, deitado ao lado de outro homem (Jorge Mourato), também ele nu, sendo o último um dos associados da firma de advogados onde trabalha há anos. Saídos de uma espécie de blackout, ambos têm dificuldade em perceber o que aconteceu e nenhum consegue arranjar uma explicação para o sucedido, tampouco lembrar-se do que os poderá ter levado ali. O transtorno aumenta com a entrada em cena da mulher de Chaves (Sandra Faleiro). Perante a total incapacidade de justificar e compreender a sua presente situação, André Chaves vai inventar tudo para tentar salvar o seu casamento e para provar uma verdade que ele próprio não sabe qual é."

Teatro Villaret | Estreia 23 de março
Quinta a sábado: 21h30 | Domingo: 16h30
Preço: 16€


Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.