Cada porta uma história


Neste corredor aguardo indecisa. São tantas as portas, são tantas as possibilidades, são tantas as escolhas. Cada porta tem um destino. Cada porta tem uma história. Cada porta tem uma nova oportunidade. Sento-me no cadeirão de veludo vermelho e aguardo uma resposta. Quieta. Espero que ela chegue. Aguardo e as horas passam. Nada. Que porta escolher? Levanto-me e caminho sem pensar, sem expectativas... Passo a passo ganho coragem. Fecho os olhos e apenas sinto. Respiro fundo e o ar invade o meu corpo subtilmente. Em cada passo que dou nasce uma certeza: Seja qual for a porta, seja qual for o caminho, o importante é ir. Ficar aqui, neste corredor, sentada nesta cadeira à espera, não é a solução. Não é para mim! Passo a passo ganho coragem. Estou tão perto de alcançar uma das portas. As mãos tremem... não de medo, mas de emoção.  O coração bate mais forte e forte está a minha certeza, a minha segurança. Peito aberto, cabeça erguida sorriu quando a minha mão gentilmente toca a porta. Um doce empurrão e ela abre. Fico parada no momento. Apenas oiço a minha respiração e sinto no rosto uma leve brisa aconchegante. Abro os olhos e vejo que à minha frente está um novo caminho. Será fácil? Será desafiante? É o meu caminho e isso é tudo o que sei. É o caminho que escolhi. Dou mais um passo e sinto que tudo recomeça.

Rosarinho

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.