Vem aí o 1º Festival Internacional de Balonismo!


A primavera de 2017 vai encher os céus do país de cores e formas, ali para os lados do concelho de Coruche. Foi apresentada oficialmente, na semana passada, a 1ª edição do Rubis Gás UP – Festival Internacional de Balonismo, que irá decorrer de 28 de março a 2 de abril. Aqui as miúdas do Armazém de Ideias Ilimitada foram convidadas a marcar presença nesta apresentação, porém, devido a incompatibilidades de agenda, não puderam estar presentes. Mas não é por isso que deixamos de contar aqui tudinho o que há a saber sobre este evento. Vamos lá!

O que podemos esperar de um festival de balonismo? Bem, para começar (como é óbvio), entre 35 a 40 equipas da modalidade, portuguesas e estrangeiras, vão encher os céus de Coruche de cores e de algumas formas bem especiais. Porém, não pensem que assistir a um festival de balonismo se resume a estar de pés assentes na terra a olhar para cima.


Durante os seis dias do Rubis Gás UP – Festival Internacional de Balonismo, são várias as atividades e atrações para viver e assistir. Experimentar os voos livres com pilotos experientes ao comando do balão, claro; observar a lindíssima vila ribatejana a bordo de um balão estático; assistir ao espetáculo de luz e som Night Glow, no qual os balões sincronizam os seus queimadores com o ritmo da música; descobrir o minucioso trabalho de vários artesãos; e muitas outras atividades para toda a família.

Ah, e claro, os (sempre) tão apreciados "comes e bebes" também são presença assegurada no evento, quer pelos restaurantes tradicionais de Coruche, quer por uma variada oferta de 'street food', que se encontrará em torno da Praça de Touros da vila.


Outra vertente deste evento que nos deixou bastante agradadas é a da responsabilidade social e ambiental, já que, por forma a tornar a organização do Festival mais sustentável, os visitantes serão convidados a comprar uma árvore de espécies autóctones, que serão depois plantadas na Herdade dos Concelhos. E o que ganham vocês? Acesso a uma viagem num balão de ar quente, claro! Ah, e também nos agrada muito saber que parte das vendas reverterá a favor da QUERCUS Associação Nacional de Conservação da Natureza.

Para terminar, só nos resta referir que a organização desta 1ª edição do Rubis Gás UP – Festival Internacional de Balonismo está a cargo da empresa Windpassenger e conta com os apoios dos parceiros Rubis Gás, Câmara Municipal de Coruche e Paladin.

Portanto, já sabem, de 23 de março a 2 de abril, todos os caminhos vão dar... aos céus de Coruche! Bons voos!

Susana Figueira

Sobre a Windpassenger:

A Windpassenger é a empresa líder em Portugal com 30 anos de experiência na prática do balonismo a sobrevoar Portugal, Açores, Madeira, Holanda, Espanha, França, Suíça, Emirados Árabes Unidos, Marrocos e Angola. A Marca foi criada em 2004, com a missão de poder partilhar a incrível sensação de subir em altitude a bordo de um balão de ar quente. A marca é hoje gerida pela Passageiros do Vento, uma empresa de animação turística que se dedica ao transporte de passageiros em balões de ar quente e que faz da segurança a sua prioridade. Desde 2004 já voou mais de 24.000 pessoas com uma equipa de pilotos experientes e altamente qualificados. Possui todos os certificados, seguros e licenças da EASA (European Aviation Safety Agency) e é inspecionada anualmente por uma empresa CAMO (Continuing Airworthiness Management Organisation), garantindo máxima qualidade e segurança em qualquer momento. Em 2016, a Windpassenger teve a seu cargo a Direção Técnica do II Festival de Balões de Ar Quente na Ribeira Grande.







Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.