3 razões para conhecerem o Palácio da Cidadela


São inúmeras as razões para conhecerem este Palácio em Cascais... vou destacar 3 e creio que serão suficientes para vos convencer a viajarem até esta encantadora Vila de Reis e Pescadores. Eu fui uma privilegiada por ter sido guiada numa visita cheia de paixão e entusiasmo, pela Ana Vidigal.

1. O Palácio da Cidadela tem um conceito único
Este Palácio foi casa de Reis e Presidentes mas após o 25 de Abril ficou inativo e guardado em recordações de histórias que já lá vão. Só e longe de momentos de grandes festas, cores e alegria. Foram precisos alguns anos para trazê-lo de novo à merecida glória de outros tempos. Foi tudo feito com muito requinte e cuidado e hoje é uma casa para acolher. Acolher convidados da Presidência da República, acolher os seus visitantes. Este palácio não é um museu. Aliás, quando abriu, pela primeira vez, as suas portas ao público não estava mobilado. No entanto graças a um acordo com o Instituto do Património Nacional e a Câmara Municipal de Cascais as suas salas e recantos foram decoradas com peças emprestadas que vão desde o Séc. XV até aos nossos dias. São muitos os estilos mas juntos dão-lhe um glamour romântico. Dão-lhe um conceito único





2. O Palácio da Cidadela tem muitas histórias para contar
O despertar pelo encanto das praias, trouxe o Rei D. Luís até Cascais. E assim começa a história deste Palácio. Que de casa do Governador da Cidadela passa a residência de férias do monarca. Para trás fica o peso militar e um novo caminho começa a ser traçado. A rainha D. Maria Pia tem uma quota parte de responsabilidade no requinte da decoração da residência que iria receber a corte e muitos convidados ilustres para festas, tendo o mar como cenário. Os meses de setembro e outubro eram os eleitos pela monarquia para viver a vila de Cascais. D. Luís morreu neste Palácio olhando o azul do mar, reza a história. O Rei D. Carlos que se dedicou ao estudo dos oceanos e que se aventurou em campanhas oceanográficas, no iate D. Amélia, instalou nesta casa um laboratório oceanográfico. Com a chegada da República o Palácio passou a depender da Presidência e nele residiram diferentes chefes de estado. Marechal Carmona foi o que tirou mais partido deste espaço, passando 17 anos da sua vida rodeado por paredes com muitas histórias para contar.




3. O Palácio da Cidadela tem uma localização privilegiada
Rodeado pelo mar, o Palácio tem um charme muito especial. Monarcas e chefes de estado que por aqui já passaram renderam-se aos seus encantos e os turistas que o visitam captam cada centímetro de azul com a sua máquina fotográfica ou com a câmara do seu telemóvel. As vistas, a luz, a vida que o rodeia tornam-no especial. Ao longo da visita foram várias as vezes que a nossa guia referiu que já foram muitos os visitantes que por aqui passaram desde o dia em que o Palácio voltou a receber convidados e a verdade é que ninguém fica indiferente à sua beleza e ao seu espaço envolvente... À sua localização privilegiada.





E agora que já vos apresentei a 3 das muitas razões para conhecerem o Palácio da Cidadela de Cascais não precisam de esperar a chegada da época de veraneio para o visitarem, ele é acolhedor em qualquer altura do ano. Apenas terão de ligar para o número de telefone 213 614 980 ou aparecerem no local e agendarem a vossa visita. 


Rosarinho

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.