É tempo de Natal

   Foto by, Rodrigo Cabrita

Ontem falava com uma amiga sobre o tempo e sobre como passamos a vida a correr. Parece que o tempo não nos dá tréguas. É fácil culpabilizar o tempo, mas na verdade quem acelera somos nós. Este ritmo louco que nos impomos, onde tudo é rápido demais e sabe a pouco... Por isso neste Natal vou oferecer um presente a mim mesma. Tempo. Tempo para me perder num abraço, tempo para saborear um prato cozinhado com amor, tempo para admirar o que está à minha volta, tempo para amar quem está ao meu lado, tempo para brindar a vida, tempo para ler um bom livro, tempo para mim. Neste Natal vou parar e sentir...

... sentir os cheiros, os sabores, as cores, as músicas, as pessoas. Este Natal, mais do que em tantos outros, quero sentir os momentos. Dos preparativos à ceia da Consoada, dos jogos de tabuleiro e da sessão de karaoke que preenchem o tempo até à hora de abrir os presentes, da felicidade nos rostos daqueles que mais amo, este Natal vou guardar cada minuto e cada segundo na "caixinha dos momentos" que tenho no meu coração. Para mim, e para todos vós, desejo um Natal pleno de momentos belos e mágicos que possamos levar connosco ano fora e sempre!

Boas Festas!   

Rosarinho e Susana

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.