“Palácio de Espanto” leva coleção CGD a Tavira


Primeiro há a questão afetiva, que me liga ao lugar. Depois, é Arte. E Arte não "passa ao lado" do Armazém de Ideias Ilimitada. Estou a falar da exposição "Palácio de Espanto", que inaugura este sábado, 14 de Maio, pelas 16h00, no Palácio da Galeria do Museu Municipal de Tavira. E Tavira está  no meu coração! Promovida pela Fundação CGD Culturgest, esta mostra pertence a uma série de 3 exposições que pretendem recuperar os tempos em que a arte marcava presença em espaços comuns e ligava a comunidade e o museu não era visto apenas como uma extensão da escola, mais um local de aprendizagem. As exposições representam um encontro entre as 3 idades da arte: o passado, com peças cedidas pelos museus de antropologia, etnologia e arqueologia de Tavira, Bragança e Castelo Branco (as 3 anfitriãs da iniciativa); o presente, entre uma seleção de obras da Coleção CGD; e o futuro, através dos trabalhos de jovens artistas portugueses convidados a criar obras no âmbito deste contexto específico. O artista convidado para a exposição em Tavira inspira-se na Natureza na criação das suas obras. Sérgio Corronha é o seu nome e a fotografia que ilustra esta publicação é uma cortesia do artista e intitula-se "slippery slope", de 2015. Estivesse eu no "meu" pequeno paraíso algarvio e marcaria presença nesta inauguração!

Susana Figueira

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.