Porque há pessoas que me inspiram...


Hoje quero falar-vos daquelas pessoas que, por uma razão ou outra, deixam uma marca muito positiva quando passam pela nossa vida. Hoje apetece-me chamar-lhes "pessoas que me inspiram", porque mesmo que seja apenas em algum momento específico da vida, a influência que exercem fica para sempre. Hoje quero apresentar-vos o José Manuel Moreira Rato. E quem é José Manuel Moreira Rato? (perguntam vocês) Bem, a dado momento da vida na Terra, as nossas árvores genealógicas cruzaram-se, fazendo de nós primos indiretos, separados por alguns graus de parentesco, do meu lado paterno. Mas não é por ser família que decidi falar-vos do José. Como é que o José entrou para a minha "categoria" de "pessoas que me inspiram"? Pois bem, o Zé tem 64 anos e reformou-se há 6. Como muito gente, num país que teima em manter uma cultura de desvalorização da população em idade de reforma, o Zé ficou um pouco perdido sem saber muito bem como ocupar o seu tempo. E foi aí que, com um "empurrãozinho" da esposa, até porque sempre teve algum jeito para desenhar uns "rabiscos" em papel, o Zé decidiu começar a pintar.


Em boa hora o fez! Hoje, passados 6 anos, e mantendo um espírito de "ainda estou a aprender", o Zé já conseguiu expor o seu trabalho, quer em mostras coletivas quer a título individual, em algumas locais do país, da Biblioteca Municipal de São Domingos de Rana ao Fórum Municipal de Castro Verde. E é este espírito que me inspira, esta vontade de querer descobrir novas capacidades e talentos (neste caso) e continuar a aprender, a melhorar técnicas, a aperfeiçoar a arte com o objetivo de nos sentirmos vivos, ainda com muito de nós para oferecer. Quem quiser conhecer de perto o trabalho do José Moreira Rato e andar para os lados de São Domingos de Rana, até ao final do mês de Fevereiro, os seus quadros estarão em exposição no café do Parque Urbano Quinta de Rana. Bebem um cafezinho ou um sumo, visitam a mostra e desfrutam de um espaço que inspira à tranquilidade. Aqui fica uma pequena amostra do que vão ver. Inspirem-se!

Susana Figueira
 


Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.