"Quem Feio Ama" ajuda a APCP



"Se eu pudesse, matava o bicho a rir", foi com estas palavras, numa entrevista na RTP, que se referiu ao cancro que lhe havia de levar a vida aos 55 anos de idade. E sem qualquer tipo de Treta, é este o legado de António Feio: o humor. E é também de humor que se faz este espetáculo de homenagem ao ator, encenador e homem que foi. "Quem Feio Ama" conta com as participações de José Pedro Gomes, Nuno Lopes, Bruno Nogueira, Ana Bola, Maria Rueff, Banda Feio & Friends, Amor Electro, Cláudia Cadima, Eduardo Madeira, Marco Horácio, Fernanda Serrano, Mariza, entre muitos outros, que subirão ao palco do Grande Auditório do CCB, no próximo dia 26 de Janeiro, pelas 21h00. Porém, o espetáculo vai além da homenagem a António Feio, revertendo a receita para a Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos. Os bilhetes têm um custo a partir de 10 euros, consoante o lugar. Para mim, a melhor homenagem que podemos fazer a António Feio é rir. Rir muito!

Susana Figueira

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.