Uma tarde com Florbela Espanca




Ainda na senda da literatura, hoje, trago-vos uma proposta de final de tarde de Santo António um pouco diferente. Sábado, por volta das 18h00, no Palácio dos Aciprestes, sede da Fundação Marquês de Pombal, em Linda-a-Velha, atrevam-se a participar numa aula aberta sobre Florbela Espanca, com coordenação da investigadora Severina Gonçalves. A iniciativa enquadra-se nas comemorações dos 120 anos do nascimento da poetisa e leva os participantes a embarcar numa viagem pela vida e obra desta grande mulher, que começou a escrever com apenas 8 anos de idade e marcou de forma inegável a literatura em Portugal. Os "alunos" terão uma oportunidade única para (re)descobrir outra faceta de Florbela Espanca, através de recitações de poemas e de um conto por jovens do programa transforma(TE) – Formação e Voluntariado Acrópole Oeiras-Cascais e de música interpretada e tocada por um grupo de jovens cantores e músicos da Escola de Música Nossa Senhora do Cabo. Já o pintor Carlos Santos Marques irá criar um quadro ao vivo com a imagem da poetisa, cujo valor da venda reverterá na íntegra para a Ludoteca da Fundação Marquês de Pombal (instituição de apoio às crianças carenciadas da Outurela/Portela). A organização desta iniciativa de homenagem a Florbela Espanca é da responsabilidade da Fundação Marquês de Pombal, em conjunto com a Nova Acrópole Oeiras-Cascais e a Thinkers – Eventos e artes, que convidam todos os interessados a participar.

Susana Figueira

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.