Mergulhos das Ama-san no Museu do Oriente


Olá! Cá estou eu para vos deixar a primeira sugestão da semana. Na próxima quinta-feira, dia 25 de Junho, é inaugurada a exposição “Ama-San”, na Fundação Museu do Oriente, que retrata uma parcela muito singular da comunidade feminina japonesa captada pela lente de Cláudia Varejão. Ora e quem são as Ama-San? Numa tradição secular no Japão, estas mulheres mergulham sem o auxílio de qualquer instrumento de mergulho que aumente a sua capacidade de permanecerem em submersão, para colher algas, ostras, ouriços, abalones e pérolas. Os seus mergulhos podem atingir até 20 metros de profundidade e durar 2 minutos!!! Uff! A mim, já me falta o ar! Voltando à exposição e à artista, Cláudia Varejão é natural do Porto, estudou Cinema no Programa de Criatividade e Criação Artística da Fundação Calouste Gulbenkian, em parceria com a German Film und Fernsehakademie Berlin, na Academia Internacional de Cinema de São Paulo e Fotografia na AR.CO. A exposição resulta de duas viagens que realizou ao Japão, onde fotografou as comunidades das vilas piscatórias de Wagu, Ijika, Oosatsu e Toushijima e faz parte de um projeto mais abrangente da artista, que inclui um livro de fotografias, cujo lançamento é igualmente na quinta-feira, e uma longa-metragem ainda com estreia por agendar. A inauguração está agendada para as 18h30 e a exposição poderá ser visitada até 30 de Agosto, dentro do horário normal de funcionamento do museu. A entrada custa 6 euros.
 
Susana Figueira




 
Aqui fica uma pequena amostra do que poderão ver na exposição

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.