Infortúnio de amor no CCB




À caixa de correio do Armazém chegou mais uma sugestão musical do Centro Cultural de Belém, algo diferente do habitual. Mas, por aqui, gostamos do diferente. A sala do Pequeno Auditório do CCB prepara-se para receber a estreia moderna mundial de “Armida”, uma ópera em três atos, do compositor checo Josef Mysliveček. A história de amor entre Armida, uma feiticeira e princesa herdeira do reino da Síria, e Rinaldo, o mais afamado cavaleiro do exército cristão, será interpretada por algumas das grandes vozes do canto lírico nacional, acompanhadas pelo coro Voces Caelestes, sob a direção da Orquestra Metropolitana de Lisboa. Esta estreia está agendada para os próximos dias 22 e 23 de Maio, ou seja, amanhã e sábado, tem início às 21h, e a duração de 1h30. Os bilhetes variam entre os 10 euros e os 12,50 euros. Uma curiosidade é que, atualmente, apenas se conhecem duas partituras manuscritas de “Armida”, estando uma delas (incompleta) na Biblioteca Nacional de França e a outra no arquivo da Biblioteca Nacional da Ajuda, em perfeito estado de conservação.


Susana Figueira

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.