Campanha de Prevenção dos Maus Tratos Infantis


Quem se junta a mim no dia 14 de abril, pelas 14h00 na Baía de Cascais para em conjunto formarmos um grande Laço Azul

Abril é o mês da Prevenção dos Maus-Tratos contra as crianças e jovens, a nível mundial. A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Cascais (CPCJC) e a Câmara Municipal de Cascais associam-se a esta iniciativa com a Campanha de Sensibilização ”Apenas o Coração Pode Bater”, que irá promover um conjunto de atividades, a decorrer durante este mês. 

Estamos todos/as convocados para vestirmos uma peça  azul-escura e participarmos na realização deste grande Laço Azul Humano, símbolo associado à prevenção dos maus-tratos contra crianças e jovens. "O Laço Azul (Blue Ribbon), nasceu em 1989, na Virgínia, E.U.A., quando Bonnie W. Finney, uma avó atenta e preocupada, amarrou uma fita azul à antena do seu carro. A trágica história de maus tratos aos seus netos levou Bonnie a alertar a comunidade para este problema da sociedade atual, muitas vezes camuflado no seio familiar. A cor azul foi especialmente escolhida como constante lembrança aos corpos espancados e nódoas negras resultantes das agressões."

“Só é possível proteger uma criança, com o abraço de todos” foi slogan adotado pela CPCJ de Cascais para a campanha deste ano, cujo objetivo é consciencializar a comunidade e instituições do Concelho, para o seu papel na prevenção do abuso infantil, bem como promover nas famílias o exercício de uma parentalidade positiva, sem recurso à violência verbal ou física. 

A violência ao ter sido assumida pela Organização Mundial de Saúde como um dos mais graves problemas de saúde pública, pela sua dimensão e consequências, alerta-nos para a importância das suas medidas preventivas como um investimento que maior retorno oferece, a médio e longo prazo, a qualquer comunidade e país. 

Direitos da Criança

No dia 20 de novembro de 1959, representantes de centenas de países aprovaram a Declaração dos Direitos da Criança. Ela foi adaptada da Declaração Universal dos Direitos Humanos, porém, voltada para as crianças. De uma maneira geral os direitos das crianças são os seguintes:

1.Todas as crianças têm o direito à vida e à liberdade.

2.Todas as crianças devem ser protegidas da violência doméstica.

3.Todas as crianças são iguais e têm os mesmos direitos, não importa sua cor, raça, sexo, religião, origem social ou nacionalidade.

4.Todas as crianças devem ser protegidas pela família e pela sociedade.

5.Todas as crianças têm direito a uma nacionalidade.

6.Todas as crianças têm direito a alimentação e ao atendimento médico, antes e depois do seu nascimento. Esse direito também se aplica à sua mãe.

7.As crianças portadoras de dificuldades especiais, físicas ou mentais, têm o direito a educação e cuidados especiais.

8.Todas as crianças têm direito ao amor e à compreensão dos pais e da sociedade.

9.Todas as crianças têm direito à educação.

10.Todas as crianças tem direito de não serem violentadas verbalmente ou serem agredidas por pais, avós, parentes, ou até a sociedade.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.