Singularidades


Ontem, o final de dia foi uma verdadeira loucura com a montagem da exposição “Singularidades” de Maria Lameira. Teve tanto de loucura como de boa disposição.  No final estávamos cansadas, quase a cair para o lado, mas o espaço ficou verdadeiramente belo. A sala do Restaurante Maria Laranja passou a ser  “Palco em paleta de cores”.

Maria Lameira tem no sangue o doce Alentejo e na sua vida uma riqueza cultural, resultado das suas viagens pelo continente Africano. Mas se existe alguém que nos pode dar a conhecer a obra da artista é Maria João B. Brinquete, que através das suas palavras nos emociona e nos deixa completamente apaixonados/as pelas obras expostas no Maria Laranja.


“A viagem é o grande leitmotiv da sua pintura: de dentro para fora – e vice-versa; do Alentejo & metáfora das distâncias (Alentejo –África) às viagens intramuros, numa dinâmica sensorial do apelo: ao calor, à gestação, à maternidade, ao âmago, ao uno tout court. Os materiais e as formas que revestem as técnicas que vai experimentando são isso mesmo: uma constante quête de soi: sempre na curiosidade de ir mais-além de si própria.” 

A exposição estará patente até dia 13 de abril.





2 comentários

Adolfo Rodrigues disse...

Parabéns pela iniciativa. Realmente deixa qualquer um com vontade de visitar a exposição... ao sabor de uma boa refeição.

Ate breve...

AC.

Rita Lameira disse...

Parabéns por todas estas belas artes que nos fazem sentir tão bem, com tanta energia! És uma artista, uma guerreira...

R.L

Com tecnologia do Blogger.