A última festa de 2014


Tal como prometido, aqui fica a história do último dia do ano. Foi uma verdadeira azáfama. Um contrarrelógio vertiginoso até à hora em que chegaram os primeiro convidados. Mas tudo correu muito bem! Eu e a minha amiga Dora B. formamos um dupla perigosa, porque estamos sempre com ideias e mais ideias e depois o tempo não chega para tudo. Mas acho que até nos portámos bem! Para começo de dia, andámos feitas umas loucas de supermercado em supermercado à procura de maracujás! Depois parámos um pouco para descobrirmos os sabores da Xiripiti Taberna (falarei sobre esta descoberta, numa outra altura). A tarde arrancou a grande velocidade e nós começámos a tratar da decoração do espaço que iria receber a última festa do ano. Entre apanhar rosas, limões, pendurar fitas, escolher o melhor local para a nossa fotocabine caseira, cozinhar, preparar o espaço para a criançada e parar para nos pormos bonitas, foi uma roda viva!  Nem demos pelas horas passarem e num abrir e fechar de olhos a campainha tocou e chegaram os primeiros convidados. Estava tudo pronto. E assim começou o regabofe: iguarias, risos, desejos e resoluções para 2015, relógios acertados para a hora em que nasce o novo ano, bailarico, fotos e mais fotos, champanhe, abraços e muita FELICIDADE! Foi, sem dúvida, uma das melhores passagens de ano de sempre! Obrigada a todos/as os que embarcaram nesta aventura, de comerem as 12 passas na nossa companhia! Agora é só dar continuidade a esta alegria e tudo correrá bem em 2015! Y





Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.