Paris dia 3



Hoje o dia foi dedicado a Montmartre. Logo pela manhã, e ainda com energia segui para a Sacré-Coeur. Sim, com energia, porque depois de visitar a Cripta resolvi subir os 300 degraus que me levaram até á Cúpula! Bom, para quem tem vertigens parece que gosto de sofrer. Não. Nada disso. É que apesar das vertigens eu adoro as vistas maravilhosas destes locais... E então enfrento esta minha, vá lá, fraqueza. Depois ainda visitei St. Pierre de Montmartre, uma das igrejas mais antigas de Paris. A seguir a uma pausa para o almoço rodeei-me de artistas na Place du Tertre, o coração artístico de Montmartre. Perdi-me nas ruas, comprei umas prendinhas e terminei a visita com uma passagem pelo cemitério de Montmarte e pelo mítico Moulin Rouge...  Dois extremos, não? A caminho do hotel ainda tentei visitar a Opéra National de Paris Garnier, mas já não consegui. E para tirar o sabor amargo da boca entrei na La Madeleine, igreja dedica a Maria Madalena, que ao longo do seu processo de construção esteve para ser um parlamento, um banco e até uma biblioteca. E por hoje só falta uma coisa... Dormir! Estou cansada, mas a adorar esta grande aventura em Paris.







Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.