Um domingo com Alice e o Mar


No domingo passado fiz um programa que há muito tempo não fazia. Sair de manhã e só chegar ao pôr do sol. Adoro fazer este tipo de programa, mas nem sempre é possível. Por isso quando a oportunidade me pisca o olho eu sorrio e vou atrás! E assim fui atrás da Alice e do Mar!

A Fundação Calouste Gulbenkian abriu ao público as exposições "Um Chá para Alice" e "As Idades do Mar". Duas propostas bem diferentes e no entanto tão, mas tão interessantes!


Adorei as duas, mas confesso que "Um Chá para Alice" libertou as minhas memórias de infância! Não caí na toca do coelho mas caí numa sala mágica com ilustrações fabulosas de artistas de vários cantos do globo. Todos eles interpretaram, à sua maneira, o conto de Lewis Carroll - "Alice no País das Maravilhas". São várias as abordagens, são vários os estilos mas a essência daquele mundo fantástico, povoado por criaturas ainda mais fantásticas está lá! Confesso que apreciei, especialmente, o trabalho da portuguesa Teresa Lima e do Brasileiro Nelson Cruz.  E para além das ilustrações o próprio espaço sugere-nos toda esta fantasia inspiradora: frases na parede; uma árvore com bules; as mesas que expoêm as ilustrações, criam a forma de uma lagarta; os focos de luz saem de chávenas, enfim tudo me deixou maravilhada! Não percam esta oportunidade! A entrada é gratuita e a exposição estará patente até 10 de fevereiro.

Quando entrei na sala da exposição "As Idades do Mar" naveguei para uma outra dimensão, ou melhor dizendo para seis dimensões - as seis Idades dos Mar. A exposição está estruturada em seis dimensões, desde as Idades dos Mitos às Idades do Infinito. São vários os autores, vários os séculos que retrataram o papel que o mar desempenhou na nossa vida ao longo dos tempos. Podem encontrar obras de grandes nomes como Édouard Manet, Claude Monet,  Amadeo de Sousa-Cardozo e Vieira da Silva. Se forem ao domingo a entrada é gratuita! E a exposição estará patente até 27 de janeiro.

Façam como eu. Tirem o dia e respirem cultura!

Só mais uma coisa, antes de chegar a casa, ainda contemplei outra obra de arte: o por do sol na marginal de Cascais! 


Ilustração de Teresa Lima






                                     Livro com ilustrações de Nelson Cruz




Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.