A problemática das segundas feiras



A 2ª feira é sempre um dia pouco desejado! Afinal é o início de uma nova semana, depois de dois dias de descanso, ou de farra; é um dia que parece não ter fim; um dia em que a vontade de não fazer sobrepõe-se a tudo; um dia por vezes desastroso, ingrato... Pobre 2ª feira, quase ninguém gosta dela!

Mas hoje a minha 2ª feira, foi diferente. Bastou uma mudança de cenário e tudo se alterou! A rotina, habitual, do primeiro dia da semana transformou-se. Afinal, o ambiente é tudo! A ordem de trabalhos era ambiciosa e não foi totalmente cumprida, mas ao meu redor tudo era inspirador.

Comecei a minha semana de trabalho na Casa de Santa Maria, com direito, a uma vista fantástica e ainda tive o bónus de poder visitar a exposição do artista António Vasconcelos Lapa - "Caminhos" - que, em vários espaços da casa (quer interiores, quer exteriores), nos propõe objetos diferentes, improváveis e apetecíveis, em cerâmica, combinados com outros materiais. Passem por lá até dia 30 de setembro e apreciem estes trabalhos concebidos a pensar na Casa de Santa Maria.

Na hora de almoço, aproveitei o tempo fantástico e o ambiente tranquilo do Parque Marechal Carmona e fiz, digamos que, uma espécie de piquenique, porque os tempos não estão para grandes excessos.

Foi na realidade uma segunda feira muito alternativa!







Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.