Yolanda Soares - Classe, nas Festas da Rã


Numa daquelas típicas noites de verão, frias e ventosas, só mesmo a voz de Yolanda Soares para aquecer-nos a alma e o coração, já que tudo o resto gelou! 

Impressionante a versatilidade desta artista. Nunca tinha assistido a este tipo de espetáculo, mais tradicional, em que a trilogia: Fado, Flamenco e Napolitanas, casaram na perfeição. Pude, assim testemunhar mais uma faceta de Yolanda Soares, que chegou ao recinto num magnífico cavalo lusitano, o Violino.

Depois da homenagem a Amália, chegaram os nuestros hermanos, que também estiveram muito bem, acompanhados por três magníficas bailarinas de Flamenco. Apesar de não apreciar tanto este género musical, confesso, que no contexto do concerto assentou que nem uma luva.

A última parte do concerto foi de arrepiar, não pelo frio que entranhava nos ossos, mas pelo conjunto de duas vozes maravilhosas: a de Yolanda e a de Tiago Sepúlveda. O público aplaudiu de pé e vibrou com o "O Sole Mio".

Regressei a casa gelada, mas com o coração cheio daquela energia contagiante de Yolanda Soares. Foi sem dúvida um momento de grande classe nas Festas da Rã, de São Domingos de Rana.

Com Maria T., Odete e Sandra






1 comentário

DB disse...

Yolanda é sem dúvida uma boa revelação! Magnifica descrição, como sempre emocionante!
Beijinhos

Com tecnologia do Blogger.