A Torre de Cascais


Dia 18 de abril comemorou-se o Dia internacional dos Monumentos e Sítios. Vocês acham que eu ia deixar passar esta data em branco? Claro que não! Olha quem!! Por isso no Sábado lá fui eu para uma visita inédita. Associando-se às comemorações desta data, as portas da Fortaleza de Nª Srª da Luz, em Cascais abriram-se de par em par para receber visitantes, que tal como eu estavam ávidos para conhecer e explorar a Torre de Santo António. Imaginem, em Cascais, em tempos que já lá vão, existiu uma Torre estruturalmente, muito parecida com a Torre de Belém, mandada edificar por D.João II, o nosso Príncipe Perfeito. Sim! Porque esta costa até finais do século VX era um ponto muito apreciado pelos piratas. 


A visita começou com uma pequena contextualização do espaço que iríamos descobrir e com algumas peripécias, muito interessantes que decorreram durante os trabalhos de arqueologia, e dignas de um episódio da série CSI. Verdade! Foi achado o esqueleto de uma mulher, casada com um soldado que prestava serviço na Fortaleza e que na altura foi dada como desaparecida... até agora! Com tantas pequenas histórias, naturalmente que as expectativas foram crescendo. A entrada fervilhava de gente com muita vontade de descobrir anos de história escondidos nas muralhas da Torre.




E lá começava a emoção: O tatear curioso em cada passa que se dava; o cheiro a antepassado que se sentia a cada instante, o olhar atento em redor, para que nada passasse despercebido. Eu sei, eram pedras! Mas pedras carregadas de intensidade histórica. Vocês sabem como adoro estas coisas! E fazer parte desta visita exploratória foi uma delícia! A visão de uma outra época, de uma outra Cascais.







Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.