Dia 3 Guimarães



Diário de Bordo do 3º dia na Capital Europeia da Cultura:

No Domingo Pascal o passeio foi dedicado a locais com algum significado religioso ;) porque Guimarães hoje vestiu-se a rigor para celebrar a Páscoa.
Logo pela manhã subida até à montanha da Penha, onde sons de cânticos envolviam o ambiente em torno do Santuário. Um passeio agradável, por miradouros, grutas e enormes pedras que desde sempre ali estiveram enquanto o tempo foi passando.





De regresso ao centro da cidade, hoje foi mais difícil encontrar um restaurante para almoçar… já era tarde, alguns estavam fechados, outros tinham 30 minutos de espera…e por isso, acabei num Restaurante Chinês.



A seguir ao almoço, um momento solene: visita ao “Campo da Ataca” em São Torcato (a 5 km da cidade de Guimarães). E solene porquê? Segundo reza a história, foi nesse local que D. Afonso Henriques Conquistou a chefia do Condado Portucalense… E transcrevendo uma frase inscrita no local, que refere a data de 24 de junho de 1128 como sendo, “O Dia 1 de Portugal”.



E já que estava na vila de São Torcato, nada como visitar o Santuário de granito com inspiração gótica que alberga o corpo incorrupto de um dos primeiros evangelizadores da Europa – São Torcato. Mas o melhor do dia, foi uma visita, quase personalizada à Igreja do Mosteiro de São Torcato, no cimo de uma rua íngreme que parecia não ter fim.




E amanhã é dia de regressar. Feliz Páscoa aqui da Capital Europeia da Cultura!

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.