Dia 2 - Guimarães




Diário de Bordo do 2º dia na Capital Europeia da Cultura:

Depois de uma soirée maravilhosa com as sonoridades da Orquestra Metropolitana de Lisboa, no Centro Cultural Vila Flor e de uma noite abençoada de sono tranquilo, estava fresquinha para mais um dia na Capital Europeia da Cultura e também, Capital Europeia do Frio! Irra!!! Para onde foi a primavera? Alguém sabe?



Enfim, depois de um pequeno almoço, tardio, na Pastelaria “Nova Bom Gosto”, o entusiasmo era grande. No plano de visitas para hoje, estava a Fábrica ASA. Estava, disse bem! Porque a Fábrica ASA está fechada até 4ª feira. Acho mal… Esta era a única oportunidade para visitar a antiga fábrica Têxtil que ganhou nova vida… Fiquei triste. Mas logo recuperei o ânimo. Encontrei-me com uma amiga, da cidade vizinha e depois de uma passagem pela loja oficial da Capital Europeia da Cultura, para umas comprinhas  básicas,  fomos até à Praça de Santiago à procura de almoço. Imaginem alheira de marisco! Já imaginaram? Ela existe e, é servida pelo Restaurante Santiago.




A seguir ao café metemos pés a caminho e lá fomos até à Sala de Exposições do Palácio Vila Flor para visitar a Exposição “Missão Fotográfica: Paisagem Transgénica” (proposta de reflexão sobre o território do Concelho de Guimarães) através das lentes de Katalin Deér, Filip Dujardin, JH Engstrom e Guido Guidi.





Depois aproveitei para passear pelos jardins do palácio, antes de voltar a deambular pelas ruas desta linda cidade. Não me canso de dizer, mas é mesmo LINDA! Antes de encerrar o dia de hoje, dei um pulinho à Igreja de São Miguel e ao Castelo. Não resisti… eu sei já lá estive quase uma dúzia de vezes.




Estou cansada mas muito contente por estar aqui! Amanhã? Bom, amanhã é dia de Páscoa e não tenho nada muito planeado, mas acho que vou dar uma saltada a São Torcato, que é mesmo aqui ao lado.
Bons sonhos!



Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.