Convite para um casamento... e agora?


Um encontro inesperado num shopping, desencadeou um convite para um casamento. E agora? Eis as questões que pairam na minha cabeça:

- o que vestir?
- que penteado usar?
-o que oferecer?

Confesso que não sou fã de festas de casamento. Para além de gastarmos uma pipa de massa, têm mesmo de ser muito boas para deixarem a sua marca no meu álbum de recordações. Até agora foram poucas as que tiveram este efeito em mim. Tirando o meu casamento e mais uns quantos que se contam pelos dedos de uma mão... 

Pelo menos, no meu esforcei-me para ser ligeiramente diferente dos tradicionais. Esforcei-me, não sei se terei tido êxito, sou suspeita para falar. 

É que eu acho que muita gente partilha desta minha opinião. Parece-me que a criatividade ainda não é muito abundante em festas de casamento. Atenção! Não tenho nada contra estas festas, até porque para os protagonistas este é o momento alto das suas vidas enquanto casal enamorado e querem-no partilhar com os familiares e amigos. Mas não consigo estar muito tempo entusiasmada... e após a sobremesa eis a pergunta que atormenta a minha mente: E agora??? O que vai acontecer até ao momento em que voltaremos a enfardar como se o mundo acabasse no dia seguinte?

Enfim! Casamentos? Só se for para ajudar na organização! Para ver se consigo mudar a lógica da coisa. 

Voltando ao casamento em questão. O que me tranquiliza é que a noiva é uma mulher fora do quadrado, rasando o alternativo. Por isso acredito que este até possa ser um daqueles casamentos que deixará boas recordações.

Quanto às 3 questões de partida, tentarei encontrar as respostas ao longo do fim de semana! Já tenho com que me entreter. 

Relembrando...



Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.