CAMB



Como é que eu hei de explicar o facto de só agora ter visitado o CAMB - Centro de Arte Manuel de Brito (Palácio Anjos)? Demorei 5 anos para conhecer este espaço tão próximo, mesmo aqui ao lado! Mas o ser humano é  assim. É capaz de deslocar-se centenas de quilómetros para visitar um museu, um palácio, um castelo ou umas ruínas romanas, mas um centro cultural ao virar da esquina fica sempre para depois! 

Enfim, chegou o dia e lá fui eu descobrir este espaço de referência, quer nacional quer internacional, que alberga e dinamiza o rico acervo, de Manuel de Brito e sua família, com mais de 300 obras, constituindo um dos mais importantes núcleos de arte portuguesa do século XX.

Nomes como Paula Rego, Graça Morais, Eduardo Batarda, Júlio Pomar, entre outros fazem parte da Exposição Permanente, presente no r/ch deste Palácio de finais do século XIX. Um dos edifícios emblemáticos do Concelho de Oeiras, sendo também uma referência na arquitetura de Veraneio. 

Aproveitei, também, para visitar a exposição temporária "Artistas Brasileiros na Coleção Manuel de Brito", que mostra trabalhos muito interessantes de artistas como Sérgio de Camargo, Alex Flemming, Arthur Luiz Piza, Leda Catunda, Amélia Toledo entre outros (não percam esta oportunidade, a exposição estará patente até dia 03 de junho).

Foi uma experiência muito interessante caminhar pelas salas deste Palácio e descobrir as belíssimas obras de arte aqui expostas. De vez em quando, um corredor cheio de luz natural,  vai desvendando o que se passa no exterior. Trata-se de um espaço moderno, amplo e apetecível. O Palácio Anjos é uma verdadeira obra de arte, rodeado por um jardim com uma grande variedade de espécies botânicas. 

Apesar de se localizar numa zona de muito movimento, consegue transmitir-nos uma sensação de tranquilidade e harmonia, como se dos portões para dentro o barulho do trânsito parasse e o vai e vem de pessoas se transformasse no chilrear dos pardais e no esvoaçar dos pombos. Assim que entramos no recinto do CAMB respiramos ar puro, respiramos cultura!







Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.