Na reta final das festas… celebramos em grande… com os Reis!


Não sei como era em vossas casas, mas na minha infância, o meu presépio tinha uma infinidade de pequenas imagens. Ah pois! Para além dos “protagonistas”, muitas eram as personagens que abrilhantavam aquela pequena Belém lá de casa. Até um singelo lago existia! Todas as imagens eram estáticas, apenas três se iam deslocando. Lá no topo da colina estavam três figuras que quase ninguém dava por elas, mas que todos os dias eu ajudava a aproximarem-se da manjedoura. Estava tudo programado ao milímetro para que no dia 06 de janeiro os Reis Magos pudessem estar perante o menino para lhe ofertarem ouro, incenso e mirra. Sentia-me muito importante por ter em mãos esta tarefa! Se não cumprisse a minha missão, os pobres dos Reis Magos não chegavam ao seu destino. Afinal a verdadeira estrela de Belém era eu!

Feliz dia de Reis =)

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.