O Espigão das Ruivas



Estou em condições de recomendar uma visita ao "Espigão das Ruivas"! Mas quem decidir embarcar nesta aventura que nos leva até à Idade de Ferro/período Romano deve-se identificar com pelo menos 50% das seguintes afirmações:

1) Não sofro de vertigens
2) Estou disposto(a) a sofrer uma pequena queda sem qualquer tipo de sequelas
3) Adoro andar a pé e não importa a distância
4) Subidas são para mim um desafio
5) Adoro explorar locais com histórias ancestrais para contar
6) Tenho espírito de explorado(a)
7) Gosto de descobrir novos locais na companhia de um grupo aventureiro e destemido
8) Adoro Cascais e quero descobrir a sua essência, quero conhecer aquilo que poucos conhecem

Estas afirmações resumem a tarde fantástica que passei na companhia de cerca de 100 aventureiros, que entusiasmados foram (re)descobrindo o caminho pelo Vale do Rio Touro, até ao Guincho Velho onde sob um sol quente de Outono podemos testemunhar a grandiosidade do Espigão das Ruivas. Lugar sagrado de culto ao sol e à lua? Antigo Farol de apoio à navegação? ou local que guarda os segredos da fertilidade? Uma coisa é certa, este é um sítio especial e que merece ser visitado.


Foto: Helena Bila

Foto: Helena Bila



Organização do passeio: Movimento SerCascais

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.