Um fim-de-semana em cheio!


Mas que excelente fim-de-semana cultural! Sábado o Armazém de Ideias, Ilimitada decidiu comemorar a noite dos Museus e Cascais oferecia um programa interessante e muito bem organizado.
Comecei por uma visita à exposição “1oo Anos de Arte Portuguesa” no Museu Condes de Castro Guimarães. Esta é uma oportunidade única de conhecer algumas das obras do património do Grupo Millenium bcp, na companhia de uma guia que nos faz entender e apaixonar por cada tela que vai desfilando à nossa frente. Alguns dos nomes presentes nesta “arte partilhada do Millenium bcp” são José Malhoa, Columbano Bordalo Pinheiro, José Almada Negreiros, Maria Helena Vieira da Silva, Mario Cesariny, José Guimarães, Paula Rego, entre outros grandes nomes da arte portuguesa. A não perder até 29 de Maio.
Depois seguiu-se o Farol de Santa Marta, que sempre avistei da estrada mas que nunca visitara. Foi muito enriquecedor conhecer as diferentes vivências deste espaço – de Ermida a Farol Museu. Para quem gosta de faróis aconselho a subida à torre do Farol no dia 18 de Maio (das 10h30 às 17h30) – esta é uma ocasião única!

E o dia de Sábado culminou com uma “Pequena viagem pelo grande sistema Solar”, no Forte de São Jorge dos Oitavos, proporcionada pelo Porf. David Luz. Nesta viagem relembrámos matérias do nosso tempo de escola e ganhámos novos conhecimentos sobre o espaço infinito acima das nossas cabeças.
Domingo com muito sol e muitos livros! Excelente tarde passada no Parque Eduardo XVII com a visita à Feira do Livro. Primeira paragem obrigatória no stand da Chiado Editora, onde decorria uma sessão de autógrafos com Ana Brilha. Esta foi a segunda passagem da escritora pela Feira. Na semana passada estivera a autografar as suas “Cartas da Província de Akashi” pelo “Sítio do Livro”. Aproveito a oportunidade para informar que a partir desta semana teremos, mensalmente, as “Crónicas da Brilha” aqui no bolg do Armazém. ;)

A Feira do Livro estava com imensos visitantes e muita coisa a acontecer: lançamentos, debates, concertos, sessões de autógrafos, enfim… agradou-me muito esta dinâmica. Nos últimos anos tive falta a vermelho porque falhei a visita e ao regressar este ano senti que Feira está muito mais interessante, actual e dinâmica!
E foi assim que fechei o livro do meu fim-de-semana e abri a primeira página de uma nova semana de trabalho!

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.