Era uma vez... "Contos de Agora e de Outrora"

(pormenor da capa do livro, sob ilustração da artista plástica Isa Fonseca)

Aqui no Armazém de Ideias, Ilimitada reina a satisfação!

A iniciativa promovida pelo nosso blog "Era uma vez... Um Conto numa Gaveta!..." em Setembro de 2009, que desafiava escritores promissores a avançarem sem medo e a revelarem ao mundo os seus talentos, finalmente chegou ao fim da caminhada!

 Com a ajuda da Chiado Editora a gaveta abriu-se e os contos estão agora compilados num livro delicioso "Contos de Agora e de Outrora".

A escritora Ana Brilha, coordenadora deste projecto, sente-se muito feliz por "ter conseguido levar este sonho a bom porto".

E em conversa com Silvio Medeiros Kanda (um dos autores) sente-se uma grande satisfação pelo resultado final deste projecto:"Se felicidade pudesse ser medida, a minha estaria além da escala! Gostaria agradecer a todos vocês que me possibilitaram a alegria de poder fazer parte desse projecto tão gratificante e quase inacreditável. Quero agradecer também à Ana Brilha, que admiro muito pelo dinamismo e a iniciativa empreendedora."

Vamos aguardar para breve mais notícias sobre a data do lançamento deste livro que conta com a participação de 9 autores que partilham com os leitores 32 contos.

Deixamos aqui a sinopse do livro para vos aguçar a curiosidade literária:
Envolta em mistério, dignidade e respeito, desde tempos imemoriais que a profissão de Contador de Histórias soube transportar ao sabor da musicalidade das palavras, da gestualidade, da interacção e das inflexões de voz, jovens de todas as idades.
Ouvir com o coração, deixarmo-nos levar pela mão ao som de palavras que esvoaçam como pássaros, permitir a nós próprios que a criança que em nós vive saia a brincar com as outras à sua volta, é das experiências mais profundas de comunhão connosco e com aqueles que nos rodeiam.
Ouvir torna-se viver histórias que fazem rir ou chorar, que emocionam ou assustam, que nos fazem viajar, falar com os bichos, dançar com fadas, encontrar tesouros ou simplesmente reflectir.
Para que os Contadores de Histórias possam continuar a fazer sorrir e sonhar a criança que em todos nós existe, todos os autores que para este trabalho contribuíram prestam a sua humilde homenagem."

E não é que os contos tiveram um final feliz ;)

1 comentário

Serralheria Santa Luzia disse...

Queriamos taaaaaanto estar ai para o lançamento!!!!! Maridão esta super feliz!!!!! Obrigada amiga, por ter feito entre, Brasil e Portugal uma ponte muito fácil de transpôr. Bj.

Com tecnologia do Blogger.