Um Sonho que Grita por LIBERADE


“A Casa de Bernarda Alba” de Federico Garcia Lorca
Peça de Teatro em cena a partir de 07 de Abril, no Salão Nobre do Palácio da Independência, em Lisboa.

Elenco: Ângela Pinto, Manuela Cassola, Paula Guedes, Delfina Cruz, Margarida Cardeal, Catarina Gonçalves, Ana Moreira, Maria Zamora, Delfina Costa e Raquel Dias.

O encenador João Rosa pretende oferecer ao público uma leitura cénica, diferente e crua da peça “A Casa de Bernarda Alba”, de Federico Garcia Lorca, expondo os sentimentos, desejos e ódios das personagens dilaceradas por Bernarda Alba e mexer com as emoções do público, fazendo-o sentir-se dentro do ambiente vivido naquelas quatro paredes. Tal como nos anos de ditadura, vividos em Portugal, Bernarda Alba restringia a liberdade das suas filhas, representantes do povo reprimido e assustado, incapaz de enfrentar o sistema que o sufocava, embora desejoso de mudanças e liberdade.

Será um espectáculo particular, encenado em arena, suprimindo qualquer recurso à cenografia, gerando uma grande proximidade entre plateia e personagens.

Para além da particularidade acima descrita, que por si só recriará uma envolvência acrescida, João Rosa pretende personificar O GRITO DA LIBERDADE, através da morte. Para tal e para vincar este apogeu libertador, actuará um corpo artístico adicional: o Coro Audite Nova de Lisboa que demarcará a principal diferença do epílogo da peça.

O espectáculo terá lugar no Salão Nobre do Palácio da Independência, Largo de São Domingos, 11 em Lisboa (ao lado do Teatro Nacional D. Maria II).

A estreia será dia 07 de Abril de 2010 às 19h45 e estará em cena nos dias: 8, 9, 15, 16, 21, 22 e 30 de Abril de 2010 dentro do mesmo horário.

Os bilhetes estão à venda na Bilheteira de sala (limitado), na Fnac, na Agência Abreu, na Worten, no Centro Comercial Dolce Vita, no Megarede, no El Corte Inglês, em
www.ticketline.sapo.pt e www.joaorosaoficinasteatro.wordpress.com.
Reservas/Informações: 707 234 234


Autor: Federico Garcia Lorca Encenação: João Rosa Elenco: Ângela Pinto, Manuela Cassola, Paula Guedes, Delfina Cruz, Catarina Gonçalves, Margarida Cardeal, Ana Moreira, Raquel Dias, Zamora Maria e Delfina Costa Direcção Musical: Clara Correia Coro: Audite Nova Lisboa Guarda-roupa: Alexandrina de Brito Costureira: Celestina Brilha Designer gráfico: André Sobral Assessoria de Comunicação: Rosária Casquinha e Alexandra Silva Fotografia: Marques Valentim

Apoios: Câmara Municipal de Lisboa, Junta de Freguesia dos Mártires
Patrocínios: Pictorial, Magisom, Flores da Villa, Imopalcos, Geração de Papel Produções Publicitárias Unipessoal Ldª, El corte Inglês

1 comentário

Anónimo disse...

Muito legais o cartaz e o release.
Dá vontade de ir ai assistir...
Gosto muito de teatro de arena, não tem como enganar o público.
É um tipo de encenação que considero difícil, pois não há recursos senão a capacidade dos próprios atores, que além de terem de trazer seus personagens à vida têm de situá-los num ambiente imaginário para dar consistência ao texto.
O espetáculo tem de ser consistente do começo ao fim e isso é difícil.
Parabéns pelo trabalho e parabéns pelo blog também.
Cultura pura!
Silvio

Com tecnologia do Blogger.