Ontem fui à boleia dos O` QUESTRADA rumo ao paraíso!

Fonte: http://www.myspace.com/oquestrada

Um piscar de olhos também é comunicação!

Apesar do preto e branco, acreditem que foi um momento MUITO colorido, cheio de good vibes e música de muitíssima qualidade. Um antigo cabaret - Maxime - encheu o palco de uma banda muito portuguesa (da margem sul, como muito se orgulha o grupo), partilhada por elementos vindos da França, Itália e Holanda.
É difícil descrever a sensação que nos transmitem. Usam toda "uma linguagem que só nós é que entendemos", como afirmou Miranda (vocalista principal), antes da actuação. Eles são ritmos "tugofadistas", franceses, africanos, castelhanos numa dose reinventada e vadia que nos enchem a alma e nos fazem bater no peito com orgulho de sermos portugueses, quais varinas do mercado da Ribeira.
Miranda com a sua voz propositadamente suja e o seu jeito de mulher "gingona" que sabe o que quer e que pergunta "o que tens , o que é que se passa o que é que dói?", é uma inspiração para a vida. Porque ela está cheia dela...

Os músicos são maravilhosos e os instrumentos que tocam fazem parte dos meus eleitos: acordeão, guitarra portuguesa (muitas vezes tocada como se fosse uma guitarra eléctrica), saxofone, trompete, violino e contrabacia ( uma espécie de contrabaixo improvisado).
A energia e cumplicidade dos artistas envolvem-nos e (quase) nos incitam a saltar para o palco em viravoltas garridas ao som do glomouroso acordeão que puxa por nós... Por mim certamente!

Alexandra da Silva
Nota: Depois de 7 anos de estrada, os O`questrada ou O`que Strada lançarão o primeiro CD a 27 de Abril, intitulado: "Tasca Tour".

Para mais apreciações:
http://www.youtube.com/watch?v=l-M7_oo0Gpo
http://www.designexquis.com/strada/index.htm

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.